Qual a melhor opção para evoluir na carreira?

Certo dia vi uma enquete no Linkedin postada por um dos grandes Gurus da consultoria de carreira, com a seguinte questão:

“Qual fator você gostaria de melhorar dentre estas 3 opções?”

1 – Conhecimentos técnicos
2 – Resultados
3 – Imagem profissional

Peço que faça agora a sua opção, qual escolha seria a sua?

Vou agora postar o resultado da enquete que encerrou com 7.996 votos.

Conhecimento técnico ficou com 41%, Resultados 20%, Imagem profissional 38%.

E aí!?

O que acho do resultado da enquete? Bateu com a sua escolha?

Bom! Vou fazer a minha análise.

Vamos imaginar a sua carreira. O que você acredita que pode fazê-la evoluir baseado nestes três fatores?

Para agilizar esta análise vamos adotar o seguinte padrão:

Vamos fazer cada um destes três fatores ficar em alta enquanto os outros dois caírem, e com isso fazer uma análise de sua carreira frente a uma visão organizacional.

Cenário 1 – Conhecimento técnico muito alto, resultados e imagem profissional em baixa.

Neste cenário o seu currículo é uma referência, suas formações são inúmeras, você tem os fundamentos de tudo voltado a sua profissão, e é tido na organização como o Cara que sabe tudo da área, mas os seus resultados para esta organização e sua imagem como profissional não são bons.

Você acha que a sua carreira vai decolar, você será promovido?

Não vai!!!

Acredito que com este cenário, nem muito tempo irá passar na organização.

Conhecimento sem prática efetiva não vale de nada, é igual a um livro, todo o conhecimento está lá, mas ele não consegue transformar em prática.

Cenário 2 – Imagem profissional em alta, resultados e conhecimentos em baixa.

Neste cenário você é uma cara com boa visibilidade, bem articulado até na alta gestão.

Será que isso será o suficiente para sua carreira evoluir?

Pode até ser, mas nunca de forma consistente.

Com pouco conhecimento e resultados fracos, a sua sustentação não irá resistir a qualquer crise, ou a uma análise externa isenta de relacionamentos pessoais.

Cenário 3 – Resultados em alta, conhecimentos em baixa e imagem profissional em baixa.

Neste cenário você é o cara dos resultados, o papel ao qual lhe foi entregue é realizado.

Há quem diga que ninguém entende como você consegue, por acha que você não sabe de nada, e sua imagem profissional é fraca.

Mas as metas e as entregas estão lá!! Fatos e dados comprovados.

A sua carreira vai decolar?  Você poderá ser o escolhido para um promoção em uma área mais desafiadora?

Sim!

Os resultados atingidos e comprovados é o que toda organização procura.

Você não é contratado pelo que sabe, você é contratado para entregar o que faz com o que sabe.

Se isso não acontecer, nada vai adiantar para você.

E agora!?

Por que a enquete deixou o “resultado” em último lugar, apenas 20% das escolhas?

Porque o mercado nos induz ao padrão de buscar formação para ser um profissional, e ter uma boa imagem para se dar bem. Só que isso é que todos fazem, e pior sem qualquer estratégia.

É claro que tendo os dois, os resultados têm grandes possibilidades de serem bons, mas não há qualquer garantia disso, principalmente se você não for buscar as formações e a moldagem de sua imagem profissional com foco nos resultados que são precisos.

Não é raro, escutar profissionais comentarem que precisam fazer uma pós graduação para evoluir na carreira, muitas vezes sem qualquer análise focada na sua realidade ou momento profissional.

O saber o que é preciso para sua evolução profissional tem uma conexão direta com o autoconhecimento, com a clareza dos seus verdadeiros interesses e potenciais pessoal.

Só para dá exemplos deste conceito que estou falando, e que claramente não é unânime, vão ai o nome de dois grande profissionais que não tinham formações acadêmicas, imagens profissionais polêmicas mas viraram referencias profissionais:

Bill Gates e Steven Jobs, ambos não eram formados, e o segundo com uma imagem até polêmica, mas o autoconhecimento de seus potenciais e objetivos, os levaram a ter uma capacidade de inovação e entrega que geraram resultados surpreendentes.

Então o que fazer para saber como melhorar profissionalmente?

Se analise, tenha clareza dos resultados que tem que entregar, do que é capaz de entregar melhor, e o que é preciso fazer para melhorar a entrega destes resultados.

E ai sim! Vá em busca das formações técnicas e da melhor forma de mostrar a sua imagem profissional.

Pois o que importam mesmo, são os resultados, são eles que sustentam todo o conjunto.

Antes de escolher o caminho de melhorar sua carreira, faça uma boa avaliação ou uma revisão de sua carreira para obter um diagnóstico preciso de como agir.

O mercado hoje oferece diversa opções para isso, e hoje é o que tem gerado os melhores resultados para os profissionais que escolhem este caminho.