A importância de uma boa comunicação

P Mais - Comunicação

O conceito de comunicação vem do latim communicare, que significa tornar comum, compartilhar, trocar opiniões, associar, conferenciar.

O ato comunicar implica em trocar mensagens que, por sua vez, envolve emissão e recebimento de informações.

Aprimorando essa ferramenta natural e primária de todos os seres humanos, podemos convencer, persuadir, influenciar, despertar interesses…

Dentro de uma organização, a comunicação quando utilizada corretamente pode estabelecer relações pacíficas, integração de ideias, planejamento e assertividade do processo.

Pense na empresa como uma engrenagem em movimento e a comunicação como o óleo lubrificante que a faz deslizar uma na outra.

Não é raro em algumas profissões a utilização de termos técnicos e específicos da área, como por exemplo, a área jurídica.

Um comunicação neste meio em profissionais da área, a utilização destes termos passa despercebida, e a comunicação é estabelecia sem problemas.

Porém, quando um profissional desta área tenta se comunicar com um interlocutor fora deste meio, faz-se necessário uma mudança no linguajar para que esta comunicação seja perfeitamente estabelecida.

A comunicação só se torna fluídica quando o transmissor consegue passar com clareza, através  de um canal limpo, uma mensagem a qual o receptor tenha recebido e interpretado como esperado pelo transmissor.

Esta é uma das principais competências de um profissional.

No momento que vivemos de dinamismo tenha a comunicação como uma aliada.

Sun Tzu em “A arte da Guerra” ensina que para atingir uma meta é necessário agir em conjunto, conhecer o ambiente de ação, o obstáculo a ser vencido e é claro, seus próprios pontos fortes e fracos.

Roteirize até o “pulo do gato”, Comunique-se bem!

A difícil arte de tornar o departamento pessoal invisível

DP - Invisível

Diante do cenário atual onde houve demandas excessivas de demissões, modificações de contratos, frente as necessidades de ajustes as diversas medidas provisórias emitidas pelo governo federal, a gestão de colaboradores passou por intensas alterações provocando alto impacto nas rotinas de Departamento Pessoal.

A folha de pagamento torna-se um desafio ainda maior para os profissionais do DP.

Seus inúmeros detalhes fazem com que essa rotina exija bastante atenção.

Contudo é importante destacar a utilização de processos e ferramentas que possam auxiliar no processo de exatidão no fechamento da folha.

Entre os principais recomendo:

1- Planejamento estratégico: Defina prazos, considere imprevistos nessa etapa. As atividades são operacionais porém dinâmicas, os processos devem ser concluídos observando prazos e legislação. Como diz SunTzu em A Arte da Guerra ” Aquele que não realiza planejamento algum, terá chances ínfimas de vitória”

2- Calcule Horas Trabalhadas, garanta que os pontos eletrônicos, ou não, estejam devidamente tratados e validados.

3- Organize em planilha os lançamentos a serem realizados na folha, seja descontos, seja proventos.

4-Faça um Check List contendo observações conforme as particularidades de cada organização.

5- Esteja descansado. Caso esteja à frente do computador por horas, levante, faça uma pausa e retome. Lembre-se você estará realizando muitos cálculos, o que pode deixar a mente confusa.

Os cálculos requerem atenção, análise e criticidade. A estrutura é relativamente simples, mas exigente.

Vivemos em uma rotina complexa, com muitos canais de informações, e de muita responsabilidade, infelizmente só somos percebidos quando erramos.

Garantir a nossa obscuridade nestas rotinas, é a nossa missão diária.